quarta-feira, 5 de março de 2014

Ah, essas mulheres...



Mulheres e suas manias, compreensíveis até certo ponto; Geralmente com uma mania de organização, de querer mudar as coisas de lugar, fazer do jeito delas, e somente aquele é o certo. Bom uma introdução um pouco vaga, entretanto, em grande escala as mulheres tendem a gostar de alguém que não gosta delas, que não vá valor, que não liga no outro dia, um rapaz totalmente errado e totalmente fora do que elas querem para si. Por quê? Bom como disse no começo, as mesmas tem essa mania de mudar as coisas, se sentem desafiadas em mudar um rapaz, fazer ele ficar do jeito que elas querem, repito em grande escala, não generalizo isso de forma alguma; Porem há um certo equivoco, elas passam meses, anos, tentando mudar um rapaz, as vezes conseguem, as vezes não consegue tal sucesso. Nos dois aspectos elas tomam pela cara igual. Quando conseguem mudar o tal rapaz, pronto, dever cumprido, não existe mais desafios: Próximo da fila!!
Noutras vezes não conseguem mudar, passam tempos e tempos tentando, perdem tempo, vida, se frustram e novamente tomam no cú!
Na primeira opção é um pouco pior, pois elas perdem o próprio tempo sabendo que todo aquele investimento vai fora, uma mania de caça, uma dança errada em que elas querem comandar e se dar bem, mas no final, dá merda.
Na segunda opção, quando elas não aguentam mais sofrer, aí é hora do basta, da lavação de roupa, falar mal do carinha, chorar, torturar psicólogos, enfim, o lamentável é que na hora de fazer tal ‘jogo’ nenhuma pensa que o rapaz pode se foder depois, mas também pode não se foder, alguns levam na esportiva, outros não, vai de personalidade e gênio.
Meninas acima de 13 anos, a idade de brincar de casinha, pega-pega e pique-esconde de vocês já passou.
Rapazes, não gostem, procurem primeiramente a beleza interior, a exterior é apenas um troféu para mostrar aos amigos, não esqueça, o prego que se destaca é martelado!
Procurem a guria que vá gostar de estar contigo e dividir momentos, e não só por desafio de te mudar, uma hora cansa, enjoa. E não adianta dizer que como não enjoamos de chocolate, não iremos enjoar de uma pessoa, porque enjoa, né?
Quem não faz mistério de si mesmo, irrita!
Coisa bem loca essa tal de vida!
Abraço gurias haha, o choro e a corneta são  livres!

Nenhum comentário:

Postar um comentário